Busqueda Avanzada
Buscar en:
Título
Autor
Cuento
Ordenar por:
Mas reciente
Menos reciente
Título
Categoría:
Cuento
Categoría: Hechos Reales

Um dia de Vitorias...

O dia 14 de janeiro de 2003,ficara marcado para sempre em meu coraçao.Consegui neste dia, fazer com que a justiça fosse feita.Me farei ser melhor entendida.Perdi o pai de minha filha,ha 12 anos atras.Ela se encontrava,com apenas 9 anos de idade.Hora que mais precisava de seu amor,teve que se separar tao bruscamente.Ele morrera,e nao teve chance de poder registra-la.Entao me sentindo culpada,pelo fato de nao ter realizado o grande sonho de sua vida(minha filha),entrei com um processo de Investigaçao de Paternidade.As duras penas,tive que passar por tudo que algumas pessoas passam para chegar a uma conclusao.A de averbar o nome de seu pai,a sua certidao de nascimento.E minha peregrinaçao foi grande.Sofri com lagrimas,dores e muita humilhaçao.Estive a ponto de dessistir.Mais tinha que salvar minha reputaçao.Por isto,decidi continuar.E entao começou, a minha intensa busca pela verdade.Andar pelos corredores de um Forun,nao e brincadeira.Passar a frequenta-lo a cada tres meses,e tortura pura.Tive que apresentar, provas testemunhais deste fato,como se pudessem existir.Quando na verdade,somente eu e minha grande paixao saberiamos desta fecundidade.Ele ja falecido,jamais conseguiria falar por nos dois.Entao ja realizado este fato,passei a ter que enfrentar outra realidade.O de ter de fazer um exame de D.N.A.Paguei com tamanho sacrificio,e quando fui receber a resposta tao aguardada,quase tive uma sincope.Tinha dado Negativo.O chao era pouco, para quase desfalecer.Pensava,como farei para provar, que estava certa?Chorei muito,sofri demais por ver um estranho,a concluir algo que jamais pudesse ser verdade.Quanto sofrimento este homem causou.Depois, foi a parte mais dificil pra mim.Ter que olhar nos olhinhos de uma adolescente,e dizer que o exame havia dado negativo.Era o mesmo,que colocar em jogo a minha reputaçao.E sei que minha filha sofreu muito com tudo isso.Fui clara e objetiva com ela.Nunca fora leviana, em toda a minha vida.E nao estava mentindo quando disse,que seu pai era quem era.Pedi a ela que confiasse em mim,pois a verdade iria prevalecer.Arrumei forças nao sei de onde,para começar tudo outra vez.E agora seria com força total.Estava amargurada e precisava de provar,nao ao mundo o que dizia,mais apenas a minha menina.Minha filha que eu adoro tanto,e jamais faria algo para envergonha-la.E entao,solicitei outro exame.Este teria que dar certo.E esperei um bom tempo para ele ser realizado.Mais o fizemos e tal qual como sempre quis provar,a verdade veio a tona.Desta vez o exame, confirmava a paternidade.So que para se ter, um resultado mais legal,teria que ter o veredito do juiz.E depois de alguns anos,consegui que esta façanha acontecesse.Minha filha, colaborou tambem para que esta resposta fosse dada rapidamente.E no dia em que eu menciono acima,aconteceu.O juiz deu sua sentença final.Finalmente, minha filha agora, teria o nome de seu pai.Por isso, as vezes digo, que a justiça tarda mais nao falha.E agora eu so tenho que agradecer a Deus,que me deu forças, para superar tantas tristezas ocorridas em minha vida.E fazer com que a verdade fosse provada para minha filha, e para o mundo todo.Por isso,que esta data ficara marcada para sempre em meu coraçao.Depois de tantos sofrimentos,agora e so felicidade.Obrigada senhor meu Deus,por tudo o que passei,e por tudo que estou vivendo agora.Obrigada,pelo senhor existir dentro do meu coraçao.(Minha filha agora, tera seu nome assim:abreviando,Adriana B.S.R.).
Datos del Cuento
  • Categoría: Hechos Reales
  • Media: 5.54
  • Votos: 54
  • Envios: 1
  • Lecturas: 4463
  • Valoración:
  •  
Comentarios


Al añadir datos, entiendes y Aceptas las Condiciones de uso del Web y la Política de Privacidad para el uso del Web. Tu Ip es : 3.238.125.76

0 comentarios. Página 1 de 0