Busqueda Avanzada
Buscar en:
Título
Autor
Cuento
Ordenar por:
Mas reciente
Menos reciente
Título
Categoría:
Cuento
Categoría: Románticos

Desabafo de minha alma...

Sei que muitas vezes, devemos nos silenciar diante de nossas tormentas!

Mais senti necessidade de falar de mim e de ti, meu amor!

A cada momento pergunto ao meu coração, porque ele sofre tanto?

Amar é simplesmente ser feliz!

Olhar a natureza, o universo com segurança e muita paz...

É estar de bem com a vida, sem deixar que nada atrapalhe ou interfira em nossas vidas!

Não é ficar, como eu estou...

Te sinto tão presente e tão ausente de mim!
Será que não entendes, que o meu sentimento é real?

Que ele vibra em meu sangue, enlouquecendo-me dia a dia?
Quando vais enchergar, que o que sinto é forte
e não tem como evitar?

Olhe ao teu redor e veja se não tem a minha sombra junto de ti!
Acredito que não sejas tão ingênuo, a ponto de
ainda não ter percebido este grande sentimento!

Ele é óbvio e transparente...

Não tenho o porquê de o escondê-lo.

Prefiro clamar e gritar, para que todos saibam,
a dor de não ser compreendida!

Queria estar em seus braços e estou aqui me lamentando...

Queria estar te beijando e estou aqui
chorando.

Abra os seus olhos e veja a extensão
deste meu "amor".

Mesmo que não queiras, pelo menos aceite-o.
É o sentimento mais sincero que já tive em minha vida!

E hoje me desabafo, para sofrer menos...
Seria tão simples, se o ser humano não complicasse tanto!

Ao invés de amar, eles procuram se machucar ainda mais...
Entenda que foste tu, quem arrebatou meu sofrido coração!

Não te peço muito, apenas que acorde e perceba o quanto gosto de você!

Quem sabe quando isto acontecer, um pouco de mim estará voltando a viver?

Por favor, acorde e perceba o quanto eu amo você!
Datos del Cuento
  • Categoría: Románticos
  • Media: 5.81
  • Votos: 244
  • Envios: 0
  • Lecturas: 1613
  • Valoración:
  •  
Comentarios


Al añadir datos, entiendes y Aceptas las Condiciones de uso del Web y la Política de Privacidad para el uso del Web. Tu Ip es : 54.80.87.62

3 comentarios. Página 1 de 1
Izabel Silveira
invitado-Izabel Silveira 07-06-2005 00:00:00

Amado Joaquin... Li seu comentário e como sempre, tens a palavra certa na hora certa! Só que deixarei aqui, uma pergunta e com certeza entenderás: -Acaso não queres enchergar? Acho que escrevi demais! Beijos carinhosos a ti... Izabel.

Joaquín Ledo
invitado-Joaquín Ledo 07-06-2005 00:00:00

Izabel: Não posso lenbrar de meu pobre portugues a palavra “enchergar” Talvez se escreves a meu correio usando outra que substitua o sentido daquela eu possa responder a pergunta. Também meu carinho para ti... Joaquín

Joaquín Ledo
invitado-Joaquín Ledo 06-06-2005 00:00:00

Izabel: Olha a teu redor e vê se não ten minha sombra junto a ti! (¡Mira a tu alrededor y ve si no tienes mi sombra junto a ti!) Que frase tão formosa! Sempre falo que escrever desde o coração é o segredo... Joaquín

Tu cuenta
Boletin
Estadísticas
»Total Cuentos: 19.791
»Autores Activos: 131
»Total Comentarios: 11.725
»Total Votos: 908.414
»Total Envios 41.545
»Total Lecturas 37.252.536